16/06/2016

Goosebumps.


Oi gente, como vocês estão? Alguém aqui se lembra do seriado Goosebumps que passava na Fox Kids? 
Foi o primeiro seriado que eu assisti na vida, e era o meu preferido. Acho que eu tinha uns 7-8 anos quando comecei a assistir. 
Outro dia fiquei com vontade de reviver momentos bons e fui pesquisar no youtube. Achei vários episódios que venho assistindo com muita frequência. 

Querem saber um pouco mais sobre Goosebumps? 

Goosebumps, na verdade, começou com uma série de livros de terror e ficção, que foram criadas por Robert Lawrence Stine, em 1992. A primeira série teve 62 livros, e foram publicados entre 1992 e 1997. 
Em 1999, Stine voltou a escrever histórias continuando as aventuras com muito mais mistério, suspense e terror. 
Na continuação, ele manteve o nome Goosebumps em todas as edições, só adicionando a nova temática que a nova série iria ter. 

Os livros da série "Goosebumps original" foram relançados em uma série de livros chamada "Goosebumps presents". Ao todo, foram lançados 18 livros nesse modelo de 1996 a 1998.
A diferença entre os livros dessa série relançada e as primeiras publicações originais, é que a versão relançada tem foto dos episódios que foram passados na televisão. O que acaba deixando a leitura bem mais emocionante, concordam? Seriado? Sim, teve Goosebumps teve um seriado muito clássico que acabou fazendo muito sucesso. 

Goosebumps surgiu como uma série de livros, como eu já comentei acima, porém o sucesso foi tão grande que acabou virando um seriado. Passou no Cartoon Network, Jetix e Fox Kids.
Alguns países não tiveram a sorte de ter os livros para ler. 
Aqui no Brasil, por exemplo, foram lançados os "Goosebumps" e "Goosebumps Horrorland".
A Editora Abril publicou apenas 10 edições da série, e desde 2006 é a Editora Fundamento que se responsabilizou em publicar aqui no Brasil.

Da série "Goosebumps original", foram lançados apenas 25 edições, e da série "Horrorland" foram lançados até a edição 14 e do nada pulou para a 17. Mas agora já temos todos os livros disponíveis para leitura graças a Editora Fundamento. E como eu gosta dessa editora, viu? 

A história se passa em um mundo com uma realidade um pouco bagunçada. É como se nada fosse o que parece, conseguem entender? 
As crianças sempre acabam presas dentro de mundos cheios de paranormalidades, o que acaba deixando tudo mais interessante, e elas sempre tem que fugir de alguma coisa, ou de alguma situação perigosa. Mas as coisas não são tão simples quanto parecem, pois o mal está a solta e monstros tentam capturá-las e sequestrá-las.

Os cenários são de terror, como parques abandonados, brinquedos que ganham vida, cidades mal assombradas e fantasmas. Em Goosebumps tudo, tudo mesmo, pode acontecer. 
O mais interessante é que mesmo sendo histórias de terror, elas também tem momentos de humor e até algumas piadinhas, deixando o terror um pouco mais leve. 
Os protagonistas nunca são os mesmos. Eles mudam a cada episódio, podendo ser meninas ou meninos. A história, na maioria das vezes, acontece com o personagem principal chegando em um bairro novo, cidade, vila, ou até mesmo enviado para ficar com parentes em lugares desconhecidos. 

Os livros são categorizados como terror e fantasma. Stine, o criador da série, sempre tentou criar uma linha de terror clichê. O terror clichê é aquele tipo de terror que todo mundo já espera, por exemplo, monstros, sustos, e coisas assim. 
Os finais nunca são completamente felizes e sempre fica faltando algo para ser resolvido. O que na minha opinião, faz os finais serem bem mais interessantes. É como se nem o bem e nem o mal vencesse, entendeu? 

O Autor


R.L. Stine, chegou a entrar para o livro dos recordes, o famoso Guinness, por vender absurdos. Viu como ele fez sucesso? Foram 250.000.000 milhões de livros em todo o mundo. 
Stine já escreveu mais de 100 histórias envolvendo mistérios policiais e suspense. 
Começou a escrever aos 9 anos de idade, quando encontrou uma máquina de escrever no sótão da sua casa. 
Com todo o sucesso dos livros entre jovens e crianças, surgiu a oportunidade de adaptar os livros em um seriado.

O seriado

                                                                       (A abertura)

O seriado foi produzido entre 1995 e 1998. Foi criado por Deborah Forte, com direção principal de Dave e produção no Canadá. 
Para as gravações desse projeto, foram usados os livros da série original como fonte principal de inspiração,  e além disso, o seriado teve a supervisão o próprio criador, Stine, que apareceu no inicio de alguns episódios. Vocês se lembram dele? 
Goosebumps foi dividido em 4 temporadas, sendo um total de 74 episódios, com duração média de 25 minutos.

O filme


Depois de muitos anos, um filme de Goosebumps foi feito, e com o ator Jack Black no elenco. 
O filme teve um orçamento estimado de 85.000.000 milhões de dólares, e a promessa de uma comédia/aventura usando uma boa parte do orçamento para dar vida aos monstros das histórias de Stine.


Como uma comemoração de lançamento do filme, foi criada uma experiência em realidade virtual, para que as pessoas pudessem interagir com o filme. 
O projeto foi chamado de "Goosebumps Virtual Reality Adveture". Uma parceria da Sony Pictures com a Creative Studios. 
A cena de interação constituía o Jack Black, na pele de Stine, dirigindo pela cidade e tentando escapar de um dos seus monstros que ganhou vida e saiu do roteiro.


O projeto contou ainda com uma cadeira especial de movimentos, para deixar a experiência ainda mais realista. A parte triste é que só aconteceu em 11 cidades dos Estados Unidos. 


Aqui no Brasil, graças a Scape60 que é uma empresa responsável por criar salas interativas, tivemos a oportunidade de vivenciar o ambiente de mistério. 
Os visitantes eram trancados em uma sala, com o prazo de uma hora, para resolver enigmas, achar itens, decifrar códigos e achar a saída. 
Tudo isso em equipe, pois as sessões aconteciam em grupos de 4 pessoas, até no máximo 8. 
Caso as pessoas não conseguissem sair, um integrante entraria na sala para revelar tudo que faltou, para que com isso a equipe pudesse escapar também. 

O jogo


Goosebumps também virou game. E isso foi a melhor coisa para os fãs de verdade. 
Uma diversão garantida para Nintendo Wii, Nintendo DS e PlayStation, Xbox One e também para o celular. Disponível na App Store e Google Play


Vocês podem assistir os episódios lá no youtube. É só pesquisar por Goosebumps ou entrar nesses dois links O blog do medo e Hail Hydra. Atualmente estou assistindo os episódios neles.

Vou deixar o vídeo de um dos meus episódios favoritos. Preparados? 


                                                                       
Gostaram? Já estão amando Goosebumps igual eu estou? :D


                                                                       Beijos  

                                          Instagram |  Facebook |  Snapchat |  Twitter



Nenhum comentário:

Postar um comentário