19/07/2016

O que vem primeiro: o amor ou o pedigree?


A responsabilidade de adotar um cachorro, ou qualquer outro bichinho, é muito grande. A partir do momento que você adota significa que você quer aquele cachorro e que não vai abandoná-lo. É de imensa importância que você dê todo o amor que ele precisa, pois muitas vezes, aquele mesmo cachorro pode já ter sofrido nas mãos de outras pessoas.

Eu sou contra quem adota e depois se sente no direito de se livrar do bichinho. Eles são seres vivos. Você pode achar que não, mas eles tem sentimentos igual nós temos. Eu fico triste de ver a capacidade de algumas pessoas em se desfazer deles com tamanha facilidade. Isso é tão desumano. 
Não entendo como a consciência não pesa.

Umas das coisas que eu não admito, e acho que nunca vou admitir, é ver pessoa maltratando ou ficar calada ao ver pessoas se desfazendo de seres tão abençoados. Não acho justo! 
Um cachorro é igual uma criança. Não adianta meia dúzia vir dizer que não é. A responsabilidade acaba sendo a mesma e os gastos também. 

Você teria coragem de abandonar uma criança por ela estar dando trabalho? Teria coragem de trocar um cachorro vira-lata por um de raça? Chegamos ao ponto que eu queria. O amor acaba sendo o mesmo, Eu e muitas mulheres por ai vemos os cachorros como um filho. Só quem ama de verdade para entender o que estou falando. 

Querem um exemplo? Eu. Eu vou ser o exemplo hoje. Não sei se já contei essa história aqui, mas eu achei a Belinha na rua. Sim, ela estava na esquina da casa da minha tia. Eu sempre fui apaixonada por cachorros e sempre tive contato com eles. Eu tinha a escolha de pegar aquela bolinha da rua ou deixar lá. E vocês sabem o que eu escolhi? Ficar com a Belinha e dar todo o meu amor. 


A Belinha já vai fazer 10 anos. Sim, ela está até hoje comigo e vai ficar por muito tempo ainda. O meu amor por ela é o mais puro e verdadeiro. Eu jamais abandonaria a minha bolinha. São 10 anos de puro amor, lambidas, brincadeiras, passeios, dividindo comida, alegria, tristezas e etc. Sempre foi minha companheira para tudo e sempre dormiu no meu quarto. 

E o que eu quero dizer com isso tudo? Para vocês jamais julgarem os animais pela raça. Isso vale para tudo. Um cachorro de raça não vai ser mais especial que um vira-lata. E fiquem com essa pergunta: "Vocês trocariam os seus filhos por um outro? Abandonariam seus filhos por eles estarem dando trabalho?"

                                                                            ♥
                                          Instagram  | Facebook | Snapchat | Twitter

9 comentários:

  1. Não existe troca mais sincera de amor do que com os nossos bichinhos!
    Eu sinto orgulho de quem escolhe adotar, tirar um bichinho da rua ao invés de comprar só pela raça, é um absurdo e na minha opinião isso deveria ser proibido.
    Minha casa sempre teve cachorro desde antes de eu nascer e eu espero do fundo do meu coração que eu possa ter essa companhia pelo resto da minha vida.
    Há 5 anos um caseiro amigo do meu avô estava com cachorrinhos pra doar pois a dona não poderia ficar pq morava em apartamento e a mãe deles morreu no parto, de início só conhecemos, mas não ficamos com nenhum... uns 3 meses depois ele voltou com uma cachorrinha dessa cria já maltratada pedindo pra gente achar alguém pra ficar se não a dona iria colocar ela na rua, trouxemos pra casa e não achamos ninguém e como já ficamos apegados nesse tempo procurando alguém acabamos ficando com ela e hoje a Molly é só motivo de alegria na minha casa além de ser MUCHO LOKA. 3 anos depois ganhei a minha filha Batatatinha e a gente descobre um amor que nem sabia que tinha. Só sei cuidar e amar com toda minha VIDA!
    Linda sua Belinha e parabéns pela iniciativa de tirar ela da rua , eu faria isso com todos que eu visse, se pudesse ♥
    Um beijo
    taticarvil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que texto mais lindo Mari, sinto o mesmo que você em relação aos animais, não só aos cachorros. Eles são serem especiais e puros, só sabem oferecer amor, tenho pena de quem não consegue enxergar nesses anjos o poder do amor. Tive cachorros desde sempre, não imagino minha vida sem eles, hoje em dia tenho dois Splash e Bella, a Bela adotamos depois que alguém teve a capacidade de prender ela em uma casa sem morador, sem água e comida, fico indignada com gente de coração tão ruim, mas agradeço por ter encontrado ela.
    Torço muito pra que as pessoas se conscientizem e parem de ver animais como objetos, tenho fé que um dia as pessoas irão acordar.

    Beijos linda!

    http://magicafeminina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Mensagem linda e concordo com cada palavra. Meu cachorrinho, o Freddie também encontramos na rua, ele faleceu ano retrasado, mas eu tenho certeza que ele foi feliz a partir do momento que entrou na nossa família e foi amado e ainda é até hoje.
    Cachorros são anjos.

    Com carinho, Beca; Café de Beira de Estrada

    ResponderExcluir
  4. Sou totalmente contra a compra de animais. Existem tantos pedindo para serem adotados e o pessoal só quer saber "da melhor raça". O meu cachorro é filhote da cachorrinha do meu tio, ele não é de raça, mas é muito companheiro e amoroso.

    www.aconteceucomagente.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Ano passado adotamos um vira-lata que estava na rua, quase morrendo. Foi a melhor coisa que fizemos <3

    ResponderExcluir
  6. Que post inspirador. Também sou contra a compra de animais, é uma objetificação triste e desnecessária.
    Você transmite muito bem isso no post, arrasou na escrita!

    Beijos,
    Gabriela Alegre
    www.itsgaby.com

    ResponderExcluir
  7. Ahhh eu acho muito lindo mesmo que adota. Eu tenho muita vontade de adotar, assim que eu tiver meu cantinho com certeza irei adotar um <3 Parabéns pelo post viu? Muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Acho super triste quando alguém abandona um cachorrinho, não consigo entender como conseguem!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus! Comprei meu neném esses dias e não sei mais viver sem! Eles são muito carinhosos. Dão aquela alegria no dia da gente ❤❤ amei o post, e o seu neném também ❤

    ResponderExcluir