02/08/2017

A GENTE SE ESBARRA POR AÍ


Prometi para mim mesma que eu não faria de novo. Não deixaria outra pessoa chegar e bagunçar tudo, mas acabei deixando! Confesso, eu errei! 
Mas é que você chegou como quem não queria nada, ganhou a minha amizade, atenção, carinho e tudo de melhor que eu tenho para oferecer.

E eu? Ah, mais uma vez mergulhei de cabeça sem saber se do outro lado havia reciprocidade.
Que jeito mais torto esse. Tenho essa mania de deixar a impulsividade, ansiedade e apego no comando dos meus sentimentos e emoções. Sempre acabo perdendo o controle da situação e dicando triste. 

Na vida nem tudo são flores, e eu criei milhões de expectativas em cima de uma situação que eu queria que fosse de um determinado jeito, e acabou sendo de outro.
Junto com essas expectativas vieram decepções, já estou ficando até acostumada, que quanto maiores forem mais dolorosas serão. Eu só consegui sair frustrada de toda a situação.

Hoje só resta a saudade daqueles momentos felizes, especias e de vivencia única que tivemos quando as expectativas ainda não existiam. 
Acabou, né? Acho que já percebi, mas a gente se esbarra por aí. Assim espero...

                                                                               
                                                      Instagram | Facebook | Snapchat

Nenhum comentário:

Postar um comentário