23/09/2017

NOS ENCONTRAMOS ÀS 18H


Não imaginava como seria o nosso primeiro encontro. Nem no meu melhor sonho imaginaria que seria perfeito assim.

Aquele dia eu tentei parecer tranquila e despreocupada com roupa. Não queria parecer uma louca à espera de um novo amor. Vesti o meu melhor eu e, fui sem medo do que ele pensaria; o que acharia ou comentaria.

Queria apenas conversar e estar perto sem criar grandes expectativas. Apenas eu e ele, brindes, troca de olhares e uma conversa agradável. Era como se existíssemos apenas nós dois no mundo inteiro.
Não precisávamos de mais ninguém naquele momento. Nossa companhia nos bastava.

As trocas de olhares ficando cada vez mais intensas e provocantes, seu sorriso me envolvendo e a vontade de fazer nossos lábios se encontrarem aumentando cada vez mais. Momentos assim não deveriam ter hora para acabar.

Não precisou de muito tempo para acontecer. A desapegada acabou se apegando a alguém que ela não sabia se corresponderia a toda sua explosão de sentimentos.
Ela intensa demais... E ele? Bem, ela não sabia das reais intenções dele. Apenas queria viver aquele momento que parecia ser eterno para os dois.

E foi ao som da melodia mais bonita e romântica que ela se entregou. Envolvidos em um momento lindo de troca de carinho e amor.
Houve um sentimento puro e profundo, uma vontade de estar alí e nunca mais sair.
Era um casal que jamais se separaria, feitos um para o outro e sabiam.

Agora, ela segue ansiosa para vê-lo novamente, a espera de uma mensagem que marque o próximo encontro.

                                                                            
                                                Instagram | Facebook | Snapchat

Nenhum comentário:

Postar um comentário