31/10/2017

RITUAL DO BANHO | DARUMA-SAN


Oi gente, tudo bem? Como está sendo a noite de Halloween de vocês? Curtindo bastante? Eu estou aqui tomando vários remédios e tentando ficar melhor.
Para continuar com o especial de Halloween, vim compartilhar aqui no blog uma lenda + ritual assombrado que achei na internet.
Eu fico com vontade de fazer, mas falta um pouco de coragem. Por favor, não tentem isso em casa. Pode ser muito perigoso!

Daruma-san é um ritual assombrado que se originou no Japão. O jogo envolve a convocação de um fantasma grotesco que ira segui-lo todos os dias. O objetivo do jogo é fugir do fantasma e impedir que pegue você.

Mas atenção: Aconselhamos a não jogar o jogo do banho. Dizem que jogar Daruma-san pode resultar em coisas muito ruins que acontecem com você.


Instruções do jogo:

1. Antes de ir para a cama a noite, tire a roupa e vá para o banheiro.
2. Ligue o chuveiro e desligue as luzes.
3. Entre em baixo do chuveiro de frente para as torneiras na parede.
4. Lave o cabelo enquanto repete as palavras "Daruma-san levante. Daruma-san levante."
5. Enquanto você lava seu cabelo, em sua mente você deve ver uma imagem de uma mulher japonesa de pé no banheiro. Ela escorregando para frente e batendo a cabeça contra a torneira enferrujada. A torneira fura o seu olho e a mata.
6. Continue repetindo as palavras "Daruma-san levante. Daruma-san levante." até terminar de lavar o cabelo. Seus olhos devem permanecer fechados.

Você irá ouvir ou sentir um leve movimento no banheiro atrás de você. Mantenha os olhos fechados. Não espie. Você acabou de convocar um fantasma.



A figura fantasmagórica de uma mulher vai se levantar para fora da poça de água atrás de você. Você vai sentir a presença dela olhando para você, com a cabeça atrás de seu ombro direito. O cabelo dela é preto e emaranhado. Suas roupas estão esfarrapadas e apodrecidas. Ela tem apenas um olho. Seu olho esquerdo está aberto. Seu olho direito está faltando, deixando apenas um soquete de olho sangrento e oco.

Quando você sentir a presença do fantasma, diga em voz alta: "Por que você caiu no banho?"
Mantenha seus os olhos bem fechados, desligue o chuveiro, saia do banho. Tenha cuidado para não tropeçar e cair. Imediatamente deixe o banheiro e feche a porta atrás de você. Agora é seguro para abrir seus olhos. Não se enxugue nem se vista. Apenas vá dormir.

Na manhã seguinte, quando você acordar é que o jogo vai começar. O fantasma da mulher de um olho só vai seguir você. Sempre que você se virar para olhar, ela desaparecerá. Durante todo o dia, quando você olhar por cima do ombro direito, você poderá ocasionalmente ver um vislumbre dela. Ela vai ficar cada vez mais perto conforme o dia passa. Não deixe que ela te pegar.
Se você olhar por cima do ombro e ver que ela está muito perto, você deve gritar "Tomare!" que significa "Pare!". Em seguida, fuja o mais rápido possível. Isso permitirá que você se distâncie da mulher de um olho só.

Para terminar o jogo, você deve ver o vislumbre da mulher fantasmagórica e gritar "Kittá!" que significa "Eu te liberto!". Em seguida, mantenha a sua mão na frente de você e balance para baixo em um movimento de corte (como um golpe de caratê ).

Você deve terminar o jogo antes da meia-noite. Caso contrário, a mulher de um olho vai aparecer em seus sonhos e segui-lo eternamente.


Existe algumas regras para este jogo:

Não abra seus olhos quando o fantasma aparecer na invocação.
Não permita que o fantasma tropece quando você sair do banho.
Não volte ao banheiro depois de sair.
Não se enxugue quando sair do banho.
Não permita que a mulher de um olho só alcance você.


Como eu disse no início, não tentem isso em casa. É um ritual muito legal, instiga curiosidade, mas é muuito perigoso!

Abaixo coloquei o vídeo do Clone fazendo o ritual do banho.
        

Fonte: Site Sigmapasta

                                                                  Gostaram?

                                                                     Beijos
                                                 Instagram | Facebook | Snapchat

Nenhum comentário:

Postar um comentário