05/04/2018

DE TUDO QUE ERA, PASSOU A SER NADA


O engraçado é que você poderia ter se tornado tudo para mim, mas a verdade é que acabou optando por ser nada.

Você acabou me tratando da pior forma que alguém pode tratar outra pessoa. Não estou dizendo que ouvi palavras horríveis ou que tenha apanhado, mas as atitudes acabaram dizendo o bastante. Não foi necessário ter algum tipo de agressão. Aquela indiferença gigante acabou fazendo com que eu entendesse tudo, não existia uma grama de interesse. Aliás, eu acho que existiu por um determinado tempo.

Acabei percebendo a sua indiferença depois de uma entrega de corpo e alma, das demonstrações intensas de um afeto que comecei a sentir sozinha, dos "ois" sem graça que comecei a receber e aquela demora para responder. Era como se você respondesse apenas por responder, só para não passar a impressão de não ter educação ou por querer manter uma amizade que você sabia que não daria certo.

Perdi a conta de quantas vezes fui pedir conselhos para amigos tentando entender o motivo de tudo isso.

Todos os encontros, momentos de carinho juntos, o jeito que me fazia sentir única e a mais feliz. Eu só queria que em algum momento você dissesse que estaria ali comigo, que não acabaria me deixando igual todos acabaram fazendo.

Nunca cheguei a expressar de verdade o quanto eu gosto de você. Acho que por não ter tido a oportunidade de realmente falar tudo que sentia. Eu tentei insistir em uma coisa que eu já sabia que talvez não teria futuro. Algo que nem começou de verdade para ter fim, mas que eu esperava que levasse a algo. De tantas expectativas e tentativas frustrantes de manter um contato que você fugia, quem acabou resolvendo partir fui eu. De tanto tentar implorar carinho e atenção, eu preferi partir para me manter sã.

No fim de tudo, não que isso resolva algo, gostaria de pedir: Quando alguém decidir entrar, que venha fazer a diferença!
Que me faça ver que vale a pena cada segundo de esforço, demonstrações e de expectativas que não vão ser em vão.

Algumas pessoas dizem que talvez eu tenha sido apenas uma pessoa certa que entrou em cena na hora errada, mas eu prefiro pensar que fui a pessoa certa com alguém de intenções diferentes da minha.
E eu não te culpo por nada disso. Só espero que esteja bem com a situação de agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário