26/08/2018

AS COISAS VOLTARAM AO NORMAL


Pensei que realmente tivesse finalizado um ciclo com um texto, deixado todo o meu sentimento nele e colocado um ponto final (como sempre acabo fazendo), mas não. Não foi bem assim! 

Hoje eu, mais uma vez, subi correndo depois da nossa despedida só para ver seu carro partir. Estava sentindo saudade de fazer isso. Na verdade, estava mesmo era com saudades de você, dos nossos momentos únicos, das risadas, de aprender várias coisas novas, me sentir especial (mesmo que por pouco tempo) e do seu abraço. 

Por um bom tempo pensei que a nossa despedida tinha ficado naquele último dia que vi o seu carro partir. Depois disso acabei tomando um pouco de raiva, mas não de você. A raiva era de mim mesma por ir na janela, olhar a rua que você partia, saber que você nunca mais partiria por ali e por sentir saudade. 

Era o que eu pensava até tudo voltar a ser como sempre foi. Agora tudo está bem outra vez. As coisas voltaram ao normal.

Pensar e escolher as peças de roupa, esperar por você, te abraçar, ter momentos especiais, te abraçar, rir juntos e ver você partir olhando da minha janela não é mais uma lembrança. As coisas voltaram a acontecer como sempre deveriam. Eu estou feliz agora. Voltei a estar feliz, pelo menos. Mas agora, por sua sorte ou não, estou mais realista.

É real quando dizem para não criar expectativas. "Crie um unicórnio, mas não crie expectativas". E é exatamente o que estou fazendo. Deixando as coisas acontecerem, sem pressa, sem que você se assuste e, o mais importante, sem me apegar. 

❯────「」────❮


Acompanhe pelas redes sociais:


2 comentários:

  1. A melhor coisa é deixar tudo acontecer e seguir seu curso, não é?

    Adorei o post!

    - Conheça meu blog:
    Blog Meu Baú de Estrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Sem pressa ou expectativas. O importante é deixar fluir.
      Obrigada!
      Beijos.

      Excluir